Poesia brasileira é vencedora

RilkeShake

 

angelica freitas

Angélica Freitas

HilaryKaplan-credit Mara Barr.

Hilary Kaplan

O Livro Rilke Shake, de Angélica Freitas, foi o vencedor na categoria Poesia do Best Translated Book Award (BTBA) 2016, prêmio concedido pelo blog Three Percent, da Universidade de Rochester (NY, Estados Unidos). O livro foi lançado no Brasil em 2007, pela Cosac Naify e a tradução para a versão inglesa, editado pela Phoneme Media,  ficou a cargo de Hilary Kaplan.

O trabalho da dupla (Freitas e Kaplan) foi divulgado, com o apoio do Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior da FBN, no número 1 /2014 da revista inglesa “Modern Poetry in Translation – The best of world Poetry”. O poema “a mulher vai” foi um dos selecionados para a publicação:

a woman goes

a woman goes to the movies

a woman goes to get ready

a woman is going to ovulate

a woman is going to feel pleasure

a woman is going to ask for more

a woman is going to be crazy for you

a woman goes to sleep

a woman goes to the doctor, complaining

a woman begins noticing the growth of her stomach

a woman is going to spend nine months with a child in her belly

a woman goes to her first ultrasound

a woman goes into surgery and gets anaesthesia

a woman is going to get married have kids and take care of her husband and children

a woman goes to a healer for a serious haemorrhoid problem

a woman begins feeling abandoned

a woman begins wasting her primary follicles

a woman is going to regretit forever

a woman goes to the kennel ready to buy a dog

a woman goes to the back of the van and sits down weeping

a woman is going to put the house in order

a woman goes to the supermarket to buy provisions

a woman goes home to prepare the meal

a woman is going to stop trying to change men

a woman goes to the agency earlier

a woman goes to work,  leaving the man in the kitchen

a woman goes away, leaving a gaggle of children

a woman is going to go out with someone else in the end

a woman is going to get a place in the sun

a woman is going to be able to drive in afghanistan

crédito das fotos: www.candido.bpp.pr.gov.br e Mara Barr.
Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos, Literatura brasileira no exterior, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s