HQ brasileira se destaca no panorama internacional

O livro Tungstênio, de Marcelo Quintanilha, foi o vencedor da categoria Policial no Festival Internacional de Histórias em Quadrinhos de Angoulême 2016. O livro foi publicado no Brasil, pela Veneta, e na França, pela Editions çà et là. Talco de vidro, outro título do mesmo autor, sairá na Espanha, pela Ediciones La Cúpula, com o apoio da Fundação Biblioteca Nacional por meio do Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior.

marcello-quintanilha divulgação

Marcello Qintanilha é também autor de Talco de vidro, que sairá na Espanha com o apoio da FBN.

Conheça outras HQs lançadas recentemente com o apoio do Programa:

Favela-chaos-350x435 O livro – Desterro é o retrato da vida nas favelas das periferias de São Paulo. Segundo Ferréz: “A história mostra que não é preciso morrer para ser enterrado em São Paulo”. O crime, a polícia corrupta, o dinheiro, a miséria, o amor e a solidão são temas que se misturam e se entrelaçam. O livro é resultado de seis anos de trabalho da dupla Ferréz e De Maio.

O autorFerréz, é o nome artístico de Reginaldo Ferreira da Silva. É romancista, teatrólogo, roteirista, poeta e contista. Aborda em seus livros temas relacionados à periferia das cidades. Fortaleza da Desilusão (1997), Capão Pecado (2001), Manual Prático do Ódio (2003) Amanhecer Esmeralda (2005) e Ninguém é Inocente em São Paulo (2006) são alguns de seus livros. Alexandre de Maio é quadrinista, jornalista, diagramador e ilustrador. Seu trabalho começou a ganhar destaque com o movimento Hip Hop paulista e a revista RAP Brasil publicada pela editora Escala. Em 2013 foi vencedor do prêmio Tim Lopes de jornalismo investigativo com “Meninas em Jogo”, uma entrevista sobre a exploração sexual infantil no Ceará durante a Copa do Mundo.

O tradutor – Paula Salnot, tradutora e fundadora da editora Anacaona, explica: “Quando gosto, sinto uma vontade de guardar as obras comigo, como se elas fossem meus nenéns. Sei que, quando a editora crescer, vou precisar subcontratar tradutores, mas, por enquanto, esse é o meu luxo: poder escolher o que eu traduzo e traduzir o que eu gosto”(entrevista)

Kero-un-reportage-maudit-Plinio-marcos-570x708.pngO livro – Querô: uma reportagem maldita , publicado em 1976 pela editora Símbolo, conta a história de um menino de rua, Querô. Como todo menor abandonado, luta pela sobrevivência. Sua história e a brutalidade de seu cotidiano nas ruas da cidade de Santos são retratadas com ferocidade nas palavras e violência na descrição de forma que o leitor ame e odeie esse moleque.

O autor – Plinio Marcos foi escritor, dramaturgo, cronista, ator, diretor e jornalista. Durante a ditadura militar escreveu várias peças de teatro. Trabalhou no jornal Última Hora, revista Veja, Folha de São Paulo, TV Globo. Suas peças mais famosas são: Navalha na Carne (1968) e Dois Perdidos numa noite suja (1978).

O tradutorMelen Kerhoas é tradutor de espanhol e português para o francês com formação em ciências humanas e sociais. Já traduziu peças de teatro e trechos de romances brasileiros contemporâneos ( Jornal Pessoa , Sorbonne Paris IV). Em 2015, o tradutor participou do Ateliê de Tradução Francês-Português do programa Fabrique de Traducteurs, promovido pela ATLAS (Association pour la promotion de la traduction littéraire) e organizado pelo Collège International de Traducteurs littéraires (CITL), na cidade de Arles. Saiba mais sobre o programa.

A editora – Anacaona, estabelecida em Paris, é uma casa independente dedicada à iteratura brasileira. Divide autores e suas obras a partir de três coleções temáticas:  Época  –  a diversidade das vozes brasileiras; Urbana –  cena urbana brasileira, Terra – o regionalismo brasileiro.

cachalote Banda de dosoeste vermelho

Em 2012 o Programa apoiou a publicação, pela editora francesa Cambourakis, da obra Cachalote de Daniel Galera e Rafael Coutinho; em 2013  foi a vez dos álbuns Bando de dois de Danilo BeyruthOeste vermelho Marcelo Costa e Magno Costa receberem o apoio para serem lançados na Argentina pela Editorial Municipal de Rosario.

le brigand du sertao
Em 2014, a editora Sarbacane lançou o álbum Le Brigand du Sertão, edição francesa de Estórias gerais, de Wellington Srbek e Flavio Colin (Editora Nemo, 2012). A obra ganhou o Troféu HQ MIX nas categorias “Melhor Graphic Novel”e “Melhor Roteirista Nacional” e o Prêmio Angelo Agostini de melhor roteirista e melhor desenhista. Leia a entrevista que o roteirista Wellington Srbek concedeu ao nosso blog:

Histórias Gerais ganha edição francesa
Também apoiadas pela FBN, estão no prelo as edições de Armadinho três, de Alexandre Beck, editora 4 Estações / Portugal, e de Anita Garibaldi: o nascimento de uma heroína, de José Custódio Rosa Filho, editora Verbavolant / Itália.

279-561169-0-5-anita-garibaldi-o-nascimento-de-uma-heroinaArmandinho-Tres1-940x714

Anúncios
Esse post foi publicado em HIstória em Quadrinhos, Literatura brasileira no exterior, Obras apoiadas, Programa de Apoio à Tradução, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s