Quatro escritores brasileiros são indicados para o Prêmio Impac Dublin Award

Quatro escritores brasileiros aparecem na primeira lista de indicados para o IMPAC Dublin Literary Awards 2015. Adriana Lisboa, com Azul corvo (Crow Blue, tradução de Alison Entrekin, Bloomsbury), Bernardo Kucinski, com K. (K., tradução de Sue Branford, Latin American Bureau), João Almino, com Cidade livre (Free City, tradução de Rhet McNeill, Dalkey Archive Press), e João Paulo Cuenca, com O único final feliz para uma história de amor é um acidente (The Only Happy Ending for a Love Story is an Accident, tradução de Elizabeth Lowe, Tagus Press/ University of Massachusetts Dartmouth), concorrem a um prêmio de €100,000. Cinco jurados irão escolher apenas um vencedor entre 142 livros de 39 países diferentes. A lista com os dez finalistas será anunciada em abril.

Criado em 1996 pela cidade de Dublin, na Irlanda, o prêmio é concedido a romances publicados em língua inglesa, originalmente ou em tradução. No caso de traduções, o prêmio é dividido entre o autor e o tradutor. O primeiro brasileiro a entrar na lista de finalistas foi Cristovão Tezza, com O filho eterno (The Eternal Son, tradução de Alison Entrekin, Scribe Publications) em 2012. Em 2014, o vencedor foi El ruído de las cosas al caer, do colombiano Juan Gabriel Vásquez, traduzido por Ann McLean.

As indicações são feitas por bibliotecas públicas de diferentes cidades ao redor do mundo, que podem nomear até três romances por ano.  A Biblioteca Demonstrativa de Brasília há bastante tempo representa o Brasil na premiação. Veja a lista de bibliotecas participantes e suas respectivas nomeações neste ano.

Adriana Lisboa, Chico Buarque, Luiz Alfredo García-Roza, Milton Hatoum, Patrícia Melo e Paulo Coelho já foram nomeados em outros anos.

Confira a lista dos indicados e mais informações sobre o prêmio .

Cuenca

AlminoLisboaKucinski

Anúncios
Esse post foi publicado em Literatura brasileira no exterior, Obras apoiadas. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Quatro escritores brasileiros são indicados para o Prêmio Impac Dublin Award

  1. Anamaria Souza disse:

    Prezados colegas do CIL, só estranhei a ausência de qualquer menção sobre a instiuição que vem fazendo a indicação de todos estes autores. Desde há muito, a Biblioteca Demonstrativa, tem representado o Brasil , neste prêmio cuja singularidade é a indicação dos romances pelas bibliotecas públicas do mundo. Por meio de um grupo de servidores, a Demonstrativa pesquisa e seleciona títulos que atendam os requisitos técnicos e literários para a indicação ao Prêmio Literário Internacional IMPAC Dublin. Após leitura e avaliação, todos os anos, indica-se até três romances. Entre 1990 e setembro deste ano, a Biblioteca Demonstrativa integrou a estrutura da Fundação Biblioteca Nacional e já fazia estas indicações, agora, continuará a fazê-las, já que biblioteca pública, mas integrante da estrutura do Ministério da Cultura.

  2. Pingback: K., DE BERNARDO KUCINSKI É FINALISTA DO INTERNATIONAL IMPAC DUBLIN LITERARY AWARD 2015 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s