Títulos brasileiros publicados no exterior

Conheça os livros brasileiros publicados recentemente no exterior com o apoio da Fundação Biblioteca Nacional. Todos foram contemplados pelo Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior.

Alemão:

– Revista Akzente, ano 60, número 5, outubro de 2013, Editora Hanser, Dossiê Carlos Drummond de Andrade (contos), tradução de Wanda Jakob.(ALEMANHA)

– Vários autores, Rio de Janeiro: Eine literarische Einladung (Rio de Janeiro: um convite literário), Editora Wagenbach, organizado por Marco Thomas Bosshard e Marcos Machado Nunes. Coletânea de contos com Adriana Lunardi, Aníbal Machado, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Giannetti, Clarice Lispector, Ferreira Gullar João Antônio, João Gilberto Noll, Luiz Ruffato, Miguel Sanches Neto, Nélida Piñon, Rodrigo Lacerda, Sérgio Sant’Anna, Sonia Coutinho, Vinícius Jatobá. Tradução de Christoph Joaquim Kaiser, Dirk Brunke, Enno Pattermann, Eva Zimmermann, Inés Koebel, Inga Hennecke, Jan Steinbach, Julian Brock, Karin von Schweder-Schreiner, Michael Kegler, Philipp Kampschroer, Sarah Gieseker, Sarita Brandt, Stefanie Zobus e Wanda Jakob. (ALEMANHA)

Espanhol:

Ricardo Lísias, El libro de los mandarines (O livro dos mandarins), Editora Adriana Hidalgo, tradução de Cristian de Napoli. (ARGENTINA)

Lima Barreto, El Cementerio de los Vivos (O cemitério dos vivos), Editora Ambulantes, tradução de Vítor David López e Aline Pereira da Encarnação. (ESPANHA)

Ricardo Corona, Cuerpo sutil (Corpo sutil), Editora Calygramma, tradução de Vitor Sosa. (MÉXICO)

Claudio Daniel, Yume (Yumê), Editora Calygramma, tradução de Vitor Sosa. (MÉXICO)

Basílio da Gama, El Uraguay (O Uraguai), Editora Calygramma, tradução de Román Antopolsky, (MÉXICO)

Lêdo Ivo: La muerte de Brasil (A morte do Brasil), Editora Vaso Roto, tradução de Ángel José Alonso Menéndez.(ESPANHA)

Antônio Moura, Rio Silêncio (Río Silêncio), Editora Calygramma, tradução de Vitor Sosa, (MÉXICO)

Terezinha Azerêdo Rios, Ética y competência (Ética e Competência), Editora Octraedo, tradução de Bertarn Romero. (ESPANHA)

Marcos Siscar, La mitad del arte (A metade da arte),Editora Kriller71,  tradução de  Aníbal Cristobo (ESPANHA)

Érico Verissimo, El tiempo y el viento – El retrato (O tempo e o vento – O retrato ) Editora Machado Libros, tradução de Pere Comellas Casanova. (ESPANHA)

Chinês:

José Mauro de Vasconcellos, Doidão e Vamos aquecer o Sol, Editora People’s Literature Publishing, tradução de Li Jinchuan e Wei Ling. Publicação em volume único acrescido da reedição de Meu pé de laranja-lima. (CHINA)

Inglês:

Edgard Telles Ribeiro, His own man (O punho e a renda, Editora Scribe, tradução de Kim. M. Hastings. (AUSTRÁLIA)

Rogério Duarte, Marginália 1 (ensaios, artigos e poemas), Editora Bom Boa Tarde Boa Noite, tradução de Adriana Francisco, Kiki Mazzuchelli, Moray Mckie e Mary Ellen Stitt.(ALEMANHA)

Rubem Fonseca, Crimes of August (Agosto), Editora Tagus Press, tradução de Clifford E. Landers. (ESTADOS UNIDOS)

Michel Laub, Diary of the Fall (Diário da Queda), Editora Harvill Secker, tradução de Margaret Jull Costa. (REINO UNIDO)

Diogo Mainardi, The Fall – A fathers’s memoir in 424 steps (A queda) Editora Harvill Secker, tradução de Margaret Jull Costa. (REINO UNIDO)

Francês:

João Paulo Cuenca, La seule fin heureuse pour une histoire d’amor, c’est un accident (O único final feliz para uma história de amor é um acidente), Editora Cambourakis, tradução de Dominique Nédellec.(FRANÇA)

Lygia Bojunga, Nous Trois (Nós três), Editora Kanjil, tradução de Noémi Kopp-Tanaka. (FRANÇA)

Lygia Bojunga, Tous em scéne pour Angélique (Angélica), Editora Kanjil, tradução de Noémi Kopp-Tanaka. (FRANÇA)

Astrid Cabral, Allée (Alameda), Editora Les Arêtes, tradução de Astrid Cabral e Sandrine Pot. (FRANÇA)

Luis Fernando Verissimo, Les espions (Os espiões), Editora Folie D’encre, tradução de Philippe Poncet. (FRANÇA)

Carola Saavedra, Paysage avec dromedaires (Paisagem com dromedários), Editora Mercure de France, tradução de Geneviève Leibrich.

Wellington Srbek e Flavio Colin, Le brigand du Sertão (Estórias Gerais) Editora Sarbacane, tradução de Fernando Scheibe e Philippe Poncet. (FRANÇA)

Hebraico: Michel Laub, Diário da Queda, Editora Modan (ISRAEL)

Italiano: Lima Barreto, Nella terra di Bruzundanga (Os Bruzundangas), Editora Arcoiris, tradução de Jessica Falconi. (ITÁLIA)

Ucraniano: Bernardo Sorj e Danilo Martuccelli, Desafio Latino-americano – Coesão social e democracia, Editora Calvaria,tradução de Taras Tsymbal. (UCRÂNIA)

Vietnamita: Antônio Torres, Essa Terra, Editora Literature Publishing House, tradução de Hieu Constant. (VIETNÃ)

Anúncios
Esse post foi publicado em Literatura brasileira no exterior, Programa de Apoio à Tradução, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Títulos brasileiros publicados no exterior

  1. Rosie Petinati disse:

    Ola,   Meu nome  e Rosangela Petinati, e no ano passado eu traduzi o livro “A Primeira Dama” de Silvia Ferrante. O livro foi publicado pela Archway from Simon and Schuster e esta a venda pela Amazon e Barnes and Noble.   Attached voce pode ver o press release.   Obrigada,

    Rosangela Petinati

    ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s