Jorge Amado volta a ser o brasileiro mais traduzido, segundo o Programa de Apoio da Fundação Biblioteca Nacional

JORGE AMADO croáciaO trabalho realizado nos últimos anos, pelos herdeiros do escritor, de divulgação internacional da obra de Jorge Amado surtiu efeito e o autor de Gabriela, cravo e canela se tornou, este ano, o mais demandado no Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior, da FBN.  Desde 2011, quando o Programa foi reformulado, foram aprovadas 19 bolsas para a tradução de obras de Amado, que foi o brasileiro mais traduzido no século XX mas nas últimas décadas vinha deixando de despertar grande atenção internacional. Logo depois dele, aparece Clarice Lispector, que até o ano passado se encontrava no topo da lista, com 16 bolsas aprovadas desde 2011.

Nas últimas semanas, chegaram à FBN diferentes edições estrangeiras de livros de Amado, recém-publicadas no exterior. São elas:

– Uma caprichada edição, com capa dura, de Gabriela, cravo e canela, na Croácia, pela editora Naklada Ljevak, com tradução de Tanja Tarbuk (veja a capa logo acima).

JORGE AMADO ESPANHAf6ae4de69d– Outra caprichada edição, de Bahía de todos los Santos – Guía de calles y misterios, pela editora espanhola Altaïr, na Coleção Clásicos Heterodoxos, com tradução de Rita Custódio e Àlex Tarradelas. O livro mantém as ilustrações de Carlos Bastos. Conforme afirmam os tradutores na introdução, lembrando María Zambrano, “uma cidade sem escritores é como um templo vazio”. No livro, Amado faz um convite para se conheça Salvador, a capital do estado da Bahia.

jorge amado VIOLENT LANDjorge amado CAPITAES AREIA– Duas reedições em língua inglesa, pela Penguin Classics: Violent land (Terras do sem-fim), com tradução de Samuel Putnam e nova introdução de Alfred Mac Adam; e Captains of the Sands (Capitães da areia), com tradução de Gregory Rabassa e também uma introdução inédita do escritor Colm Tóibín. “Amado escrevia para salvar a alma de seu país”, afirma Tóibín. No ano passado, haviam sido relançados pela Penguin Classics os seguintes títulos: A morte e a morte de Quincas Berro d´Água e A descoberta da América pelos turcos, ambos com tradução clássica de Gregory Rabassa.

JORGE AMADO gabrielakk2JORGE AMADO colibri buglária donaflor2– Reedições búlgaras de Gabriela, cravo e canela, e de Dona Flor e seus dois maridos, pela editora Colibri.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s