O encontro com o autor

Claire Varin*

A tradura Claire Varin e o autor  Aleilton Fonseca

A tradura Claire Varin e seu autor, Aleilton Fonseca

Encontrei “meu” autor. Permito-me o possessivo, apoiando-me na Clarice Lispector  que assinalava a reciprocidade entre o leitor e o autor. Aliás, se o leitor é o autor, o tradutor, como fica? O tradutor que é do gênero super leitor? O tradutor vive mastigando as palavras do autor, assimilando-as, digerindo-as para dar um novo rosto à obra original. Este rosto que “olha o primeiro com seus próprios olhos no espelho e que, no entanto, tem um nome estranho”, como escreveu a romancista quebequense francófona Anne Hébert, ao seu tradutor inglês.

Pois bem, encontrei meu autor, Aleilton Fonseca, ficcionista, professor e acadêmico, de quem estou traduzindo, com a colega quebequense Danielle Forget, uma coletânea de narrativas bem humoradas, A mulher dos sonhos (Via Litterarum Editora, 2010). Este quis “colher” sua tradutora no aeroporto de Salvador e a levar com segurança até um hotel da orla marítima para iniciar sua estadia na cidade onde reside.

Meu autor foi muito prestativo e durante a semana passei, em revista com ele, muitas dúvidas de tradução. Estávamos sentados numa mesa do restaurante do hotel e, de vez em quando, o Aleilton se levantava para reproduzir uma cena do seu conto, no qual, na praia, a mulher estava “rebolando, reboleando para chamar a atenção do marido” e “esquentar” uma relação um pouco desgastada. Ou para me explicar com gestos eloquentes como era “entrar de carrinho e levar um cartão vermelho”, a mim que nada sabia de futebol, nem em português nem em francês… Além de comentários sobre “linha de impedimento” e “jogar na retranca” e o jogador número 10, que é o craque, e tudo mais. Uma lição esportiva que até me deu vontade de assistir a um jogo um dia desses ou, pelo menos, de não me irritar ao ouvir gritar lá fora durante minha sesta : Goooooooooooooooooooolllllllllllllllllll !

Foram muito boas as conversas com o autor, produtivas, necessárias. Com o mar perto chamando, mas eu resistindo ao apelo da sereia enquanto Aleilton comentava sobre sua personagem “pegando jacaré” nas ondas ou Marilda fazendo marola no mar, com Omar… Trabalho prazeroso, que tirava qualquer frustração pela falta de férias. Afinal, estou aqui por vontade própria e oportunidade oferecida pela Fundação Biblioteca Nacional, para realizar uma tradução com um rosto fiel ao semblante brasileiro e apto a ser contemplado por latinos da América do Norte e abrir caminho no Quebec às obras de língua portuguesa. Mas se não era para fazer marola com ninguém, deu para assistir à sessão de abertura do ano da Academia de Letras da Bahia, e também visitar a Fundação Jorge Amado, no Pelourinho, à convite da sua diretora, a poeta Myriam Fraga, em companhia do Aleilton, da professora Rosana Ribeiro Patrício e do escritor e jornalista Carlos Ribeiro. Conversas fluidas, entre outros assuntos, sobre o interesse dos autores em divulgar sua poesia pela internet ou em antologia e sobre os mais de cinquenta países nos quais foi publicado o Amado, traduções que pude folhear nas estantes dos arquivos, com uma certa admiração. Pensando em todos aqueles tradutores, passadores de palavras, debruçados com uma dedicação de monge sobre obras alheias, criando assim elos entre os povos.

M.Fraga, C. Varin, C.Ribeiro, A.Fonseca e R. Patricio na Fund. Casa de Jorge Amado

M.Fraga, C. Varin, C.Ribeiro, A.Fonseca e R. Patricio na Fund. Casa de Jorge Amado

* Claire Varin é escritora e tradutora. Participa do Programa de Residência de Tradutores Estrangeiros no Brasil com a obra “A Mulher dos Sonhos”, do baiano Aleilton Fonseca.

Anúncios
Esse post foi publicado em Programa de Apoio à Tradução, Residência de Tradutores. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s