Brasil quer levar a Frankfurt a diversidade da sua cultura

Em 2013 o Brasil será, pela segunda vez, o convidado de honra da Feira do Livro de Frankfurt. Com o slogan “Brazil in Every Word”, nosso país tem o desafio de mostrar ao mundo do livro a diversidade, a exuberância e a riqueza da produção cultural brasileira, que se materializam em uma literatura de qualidade, local e universal. Essa  literatura nacional quer se fazer cada vez mais presente e acessível aos leitores de todo o planeta.

Em 2012, a caravana de escritores brasileiros triplicou em vista do ano anterior. No próximo ano, espera-se que a comitiva brasileira seja de, pelo menos, 70 escritores. Serão representantes de diversos estilos e regiões brasileiras.  A programação brasileira na Alemanha terá início em março, com a presença de escritores brasileiros no festival de literatura Leipzig Buchmesse e depois segue até outubro, quando acontece a feira.

O comitê formado por dirigentes do governo federal e entidades da área dividiu a participação do Brasil em três eixos principais: a produção literária nacional, a cultura brasileira em suas várias linguagens e a dimensão econômica do negócio do livro. Uma das frentes será o Pavilhão Brasil, um espaço de 2.500 metros quadrados dentro da Feira do Livro de Frankfurt, onde vão acontecer importantes exposições – uma das quais sobre os livros brasileiros publicados no exterior – e onde será montado um auditório. No local, também será criado um espaço gastronômico. A cenografia será realizada por Daniela Thomas e Fábio Tassara.

Outro destaque será o estande coletivo das editoras brasileiras no Centro de Convenções de Frankfurt, que deve ser duas vezes maior que o de 2012, que já cresceu este ano para 330m². No eixo cultural o Brasil invadirá 13 espaços de Frankfurt, entre eles museus, centros culturais e importantes instituições, como a Biblioteca Nacional de Frankfurt. Nesses locais, serão realizadas exposições, festivais de cinema e teatro, literatura, música e arte popular, além de leituras.  Toda a programação está sendo organizada pela Fundação Nacional de Artes (Funarte).

Ampliar a presença dos livros e dos autores brasileiros no exterior é também uma importante meta. A Fundação Biblioteca Nacional estima o apoio à tradução de 200 a 250 obras no período compreendido entre o anúncio da escolha do Brasil como país homenageado, em 2010, e outubro de 2013.

Anúncios
Esse post foi publicado em Literatura brasileira no exterior, Programa de Apoio à Tradução. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s